13/2/2018

Como funciona o financiamento do MCMV

O Minha Casa Minha Vida permite que inúmeras famílias conquistem a casa própria

O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal que permite que inúmeras famílias conquistem o sonho da casa própria.

As prestações desse tipo de financiamento são mais baixas e podem ser divididas em até 30 anos. Se você deseja financiar um imóvel a partir do Minha Casa Minha Vida, o primeiro aspecto que você precisa saber é qual a faixa que você se encaixa.

No total, são quatro tipos de faixas de acordo com a sua renda individual ou a renda mensal de toda a família. Ou seja, você irá somar sua renda bruta (salário base) com a renda bruta (salário base) do(a) seu(a) companheiro(a) e esse total indicará a qual faixa do Minha Casa Minha Vida você pertence.

Faixa 1

Para famílias com renda mensal até R$1.800,00.

Subsídio: até 90% de subsídio do valor do imóvel*.

Pagamento: em até 120 parcelas mensais de no máximo R$ 270,00.

Faixa 1,5

Para famílias com renda mensal até R$2.600,00.

Subsídio: até R$ 47.500 de subsídio, com 5% de juros ao ano*.

Pagamento: você pode financiar um imóvel com valor superior a R$ 130 mil.

Faixa 2

Para famílias com renda mensal até R$4.000,00.

Subsídio: até R$ 27,5 mil de subsídio, com 5,5% a 7% de juros ao ano*.

Pagamento: os imóveis podem custar até R$ 225 mil.

Faixa 3

Para famílias com renda mensal até R$9.000,00.

Subsídio: até R$ 29 mil de subsídio, com 8,16% a 9,16% de juros ao ano*.

*Os valores podem variar de acordo com a localidade do empreendimento.

O subsídio é um valor dado pelo Governo para te dar aquela forcinha na hora de comprar  sua casa.

As taxas de juros, além de serem menores que as do mercado imobiliário, variam de acordo com a renda da sua família. Ou seja, as famílias com menor renda pagam ainda menos ou nenhum juro na parcela.

Agora você está interessado no programa, o segundo passo é a inscrição no Minha Casa Minha Vida. Ela também é diferente de acordo com a faixa que você pertence

Faixa 1 e Faixa 1,5

É preciso fazer um cadastro na prefeitura da sua cidade ou em uma entidade organizadora. Depois disso, a CAIXA Econômica irá validar a inscrição e, se tudo estiver de acordo, você recebe um comunicado sobre a data dos sorteios das unidades e da assinatura do contrato.

Faixa 2 e Faixa 3

Realize a contratação pessoalmente em agências da CAIXA Econômica Federal, Banco do Brasil ou peça o auxílio da Elio Winter. Estamos sempre à disposição para te apresentar as melhores condições de financiamento de acordo com a sua realidade financeira.

O seu cadastro MCMV pode ser negado, em qualquer Faixa, se você apresentar os seguintes aspectos:

  • Tiver renda maior que R$9.000,00;
  • Já ter sido beneficiado por qualquer programa de habitação social do Governo;
  • Tiver casa própria ou financiamento de imóvel no seu nome;
  • Tiver alguma dívida ativa ou “nome sujo”.

Os documentos exigidos em qualquer Faixa para comprovar sua renda e sua identidade são:

  • Carteira de identidade (RG), carteira de motorista (CNH), carteira de trabalho, carteira de identificação profissional com foto (CREA, CRC, OAB, etc.) ou passaporte.
  • Comprovante de renda, preferencialmente do mês atual ou no máximo do mês anterior à solicitação do benefício.
  • Cópia da Declaração de Imposto de Renda do último ano em exercício.
  • Recibo de entrega da Declaração de Imposto de Renda.
  • Comprovante de residência, como conta de água ou energia, com validade de no máximo 60 dias.

Além do subsídio oferecido pelo Governo, você pode diminuir o valor ou quantidade das suas parcelas utilizando seu FGTS inativo. Mas para isso também existem regras:

  • Ter no mínimo 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS, mesmo que em períodos ou empresas diferentes.
  • Não ter financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do país e não pode ser proprietário de outro imóvel residencial em Porto Alegre ou cidades vizinhas.
  • Não ter usado o saldo de FGTS na aquisição de outro imóvel ou abatimento de saldo devedor nos últimos 24 meses.

Vale lembrar que em 2017 algumas pessoas sacaram parte ou total do FGTS inativo, ou seja, ele não está mais disponível para você utilizar no abatimento de parcelas do MCMV. O mesmo serve para os aposentados, que já sacaram esse FGTS no momento da aposentadoria.

Se você ainda possui dúvidas sobre o financiamento do Minha Casa Minha Vida entre em contato conosco pelo telefone (41) 3352-5200. Ficaremos felizes em te ajudar!

Confira o Residencial Winter Park e o Residencial Centro Novo, os dois empreendimentos da Elio Winter Incorporações que são financiáveis pelo Minha Casa Minha Vida

VER TODAS AS POSTAGENS »

POSTS RELACIONADOS

13/11/2019

Casas prontas para morar ou construir? Saiba qual o melhor negócio

Entre os diferentes tipos de empreendimentos e terrenos, um será ideal para o seu perfil, confira!

LEIA MAIS
6/11/2019

Quanto custa morar em um condomínio fechado?

Sua próxima casa pode ser em um condomínio fechado, confira as condições facilitadas

LEIA MAIS
Elio Winter Incorporações

R. Brigadeiro Franco, 334
Mercês, Curitiba - PR
CEP: 80430-210

(41) 3352-5200

0800 601 8750
(para as demais regiões)

Elio Winter Incorporações. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Agência Cupola. • Política de Privacidade